Com as mudanças recentes na rotina das empresas e o crescimento do desemprego os profissionais autônomos e o famoso “freela” estão mais comuns!

Eles oferecem uma renda extra e uma oportunidade para se manter em tempos difíceis para os profissionais, especialmente em setores criativos.

Os freelas ainda ajudam muito as empresas, pois oferecem recursos extras e características que seu time pode não ter para demandas específicas, porém é muito importante saber como e onde contratar!

Quando buscar/contratar um freela?

A busca por um freela depende muito do que precisa, lembre-se que o freela não é um colaborador, então não pode se encaixar nos seguintes casos:

Regularidade: O freela não pode ser um “colaborador regular” da empresa, então só pode atuar em projetos, não de forma recorrente.

Lembre-se que você pode contratar o mesmo freela de novo, mas não com constância e regularidade, caso contrário irá ter uma relação formal de trabalho.

Hierarquia: Como o freela não é colaborador, ele não responde a hierarquia da empresa, ele age como uma empresa parceira.

Portanto ele deve respeitar um contrato, valores, itens definidos e datas, mas por não ser um colaborador não responde à você!

Então não pode ser obrigado a comparecer em reuniões ou atender horários específicos e outros comuns nas empresas para colaboradores.

Como contratar um freela?

Hoje existem muitos sites para contratação de freelas, eles te ajudam com o contato e até pagamento!

Nestes sites você pode conferir a reputação, comentários de contratações anteriores e até mesmo o histórico dos freelas!

Confira alguns destes sites e alguns comentários sobre eles:

  • 99 Freelas: Um bom site, prático e sem custo para criar conta e contratar, ele também é bem grande, então tanto como freela quanto como empresa não vai faltar oportunidade!
  • GetNinjas: Também um site conhecido, ele é Brasileiro e em português, então tem uma interface bem prática e fácil de usar.
  • Freelancer.com: Um grande site, um dos mais conhecidos, porém não é em português, mas existem freelas que falam português nele.
  • Fiver: Um dos destaques recentes, ele tem a vantagem de fixar alguns preços, então você consegue jobs a partir de $5.
  • 99designs: Um bom site, em português, rápido e prático, porém voltado para a área de design (Como o nome já diz), então nesta área pode te ajudar!

E pessoalmente, como ter segurança?

Contratar um profissional que você já conhece pode ser uma boa, além de poder falar com ele pessoalmente você já conhece o trabalho e histórico.

Porém é importante ter alguns cuidados, caso esteja trabalhando na área de softwares você pode precisar de um N.D.A.

O N.D.A (Non Disclosure Agreement) é um acordo onde o freela se compromete a não divulgar informações sigilosas da empresa ou segredos comerciais.

Isto é muito bom se você estiver trabalhando com algum sistema, APP ou item que possua um código ou segredo comercial.

Além disto é indispensável fazer um bom contrato, afinal você está tendo um serviço prestado, então é bom garantir que vai ter o que precisa, pelo valor devido e no prazo devido.

Por último mas não menos importante, é essencial que o freela emita em N.F, caso contrário vai estar irregular, ele pode fazer isto por uma M.E.I se fizer isto de forma recorrente, caso contrário ele pode ir até a prefeitura da sua cidade e emitir uma nota de pessoa física sem muito problema.

Caso precise de um modelo de contrato para freela ou um modelo de N.D.A confira abaixo!

*Lembre-se, os modelos são guias e as leis pode variar de tempos em tempos, então consulte um advogado sobre a utilização e se eles atendem suas necessidades.

MODELO DE ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE (N.D.A)

MODELO DE CONTRATO PARA FREELA